Skip navigation and go to main content

Blog da Dra. Fernanda Sampaio

Correção De Orelhas De Abano É Procedimento Simples?

Apesar de parecer apenas um problema estético, as orelhas de abano podem abalar a autoestima, principalmente na idade escolar. Muitas crianças que apresentam o problema genético são alvo de brincadeiras e piadas, que podem chegar a prejudicar o desenvolvimento social. A correção de orelhas de abano, procedimento cirúrgico também conhecido como otoplastia, é uma opção simples para resolver a situação.

O problema, que atinge 5% da população, corresponde à projeção exagerada da orelha em relação ao crânio. Acorreção de orelhas de abano pode ser executada em crianças a partir dos seis anos de idade, minimizando os problemas sociais envolvidos.

Apesar de ser um problema estético mais sério na infância, a maioria das pessoas que optam pela correção da orelha de abano tem entre 20 e 35 anos. Geralmente isso acontece por medo ou desconhecimento da técnica usada. A cirurgia envolve o remodelamento da estrutura das orelhas, reduzindo a distância entre elas e o crânio. Realizado com anestesia local e sem necessidade de internação, o procedimento é considerado simples e deve ser considerado como opção quando a situação causa constrangimentos.

Cresce o número de cirurgias plásticas entre homens

Os números não deixam mentir: os homens estão cada vez mais interessados em cirurgias plásticas. De acordo com a pesquisa divulgada no 11º Congresso Internacional de Cirurgia Plástica, das 645,4 mil cirurgias realizadas no Brasil em 2010, 119,2 mil foram realizadas em homens.

Mesmo que a proporção entre o número de procedimentos cirúrgicos entre homens e mulheres ainda seja desigual, os dados apontam para a quebra dos tabus relacionados à cirurgia plástica. A vaidade deixou de ser algo considerado restrito ao universo feminino: eles também querem se cuidar, e não sentem mais vergonha de admitir isso.

Além de cirurgias como rinoplastia, lipoaspiração e  ritidoplastia, procuradas por ambos os sexos, procedimentos como cirurgia da calvície visa atender principalmente ao público masculino.

 

Forward articlePermalinkComments 0
Tags: homem
Views: 920

Cirurgia Plástica Após Grandes Perdas de Peso

A cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como redução do estômago, está em alta no Brasil. Afinal, é tida como uma forma rápida de resolver problemas de obesidade. Atualmente são feitas mais de 60 mil operações. No entanto, não basta apenas fazer a redução do estômago, que o corpo tomará formas esculpidas. Após o emagrecimento, geralmente é preciso passar por várias cirurgias plásticas localizadas para a remoção de excesso de pele.

Com o excesso de gordura a pele se estica demais, em determinadas regiões do corpo, e acabam flácidas após o emagrecimento. Dessa forma, dependendo do grau de obesidade do paciente, após a cirurgia de redução do estômago é preciso passar por vários procedimentos cirúrgicos para delinear a silhueta.

Assim o paciente, que sofreu uma cirurgia de redução de estômago (bariátrica), precisa de uma avaliação rigorosa para identificar quais partes do corpo necessitam de intervenção cirúrgica. Procedimentos mais comuns são lipoaspiração, abdominoplastia e mamoplastia. Também podem ser realizadas cirurgias de braquioplastia, que é remoção de pele acumulada nos braços, assim como cirurgia plástica nas coxas e a torsoplastia.

Drenagem Linfática Pós Cirúrgica; É Realente Necessária?

Drenagem linfática é uma técnica de massagem que se caracteriza por manobras suaves e precisas por todo o corpo.

É totalmente INDOLOR. Se você faz algum tipo de massagem e sente dor é porque não é uma drenagem linfática e ela não terá o efeito da drenagem.

Inicia-se com o bombeamento dos gânglios linfáticos para desobstruí-los. Algumas pessoas podem sentir algum desconforto durante essa manobra, principalmente se os gânglios estiverem “infartados” (ou inflamados).

Em seguida, realizam-se as manobras suavemente percorrendo todo o caminho da linfa até os gânglios que funcionarão como se fossem um "ralinho", onde a linfa é filtrada.

A estimulação desta circulação propicia a distribuição de líquidos e estimula a diurese pelos rins. Com o estímulo renal ocorre um aumento da metabolização de substâncias e com isso a eliminação de toxinas do organismo através dos gânglios linfáticos.

Por outro lado, a circulação linfática também pode distribuir pelo corpo alguns agentes infecciosos como os vírus, bactérias e fungos, e, também algumas células cancerígenas.

Assim sendo, pessoas que apresentem processos infecciosos e qualquer tipo de câncer estão contra-indicadas a fazer sessões de drenagem linfática.

A presença de varizes severas, problemas renais e história de trombose ou tromboembolismo também são contra-indicações.

O procedimento da Drenagem Linfática pós operatória principalmente pós cirurgia plástica é tão importante quanto à cirurgia propriamente dita, pois ela ajuda em uma recuperação mais rápida do paciente.

A técnica da Drenagem Linfática, evita que se acumulem líquidos no organismo, pois ela distribui o excesso para os gânglios linfáticos diminuindo o inchaço na região operada e melhorando assim os hematomas.

A linfa é também responsável pelo sistema imunológico, portanto, com o procedimento da Drenagem Linfática o sistema imunológico é fortalecido.

Para que a sua cirurgia tenha resultados satisfatórios é interessante associar à drenagem o hábito de beber bastante água, pois as toxinas são eliminadas pela urina; ter uma alimentação saudável, evitar álcool, frituras, gorduras e sal em excesso, e por fim, seguir sempre as orientações do seu médico.

19.10.2012
17:06

Preenchimentos Facias; Para que servem?

Com o passar dos anos é inevitável o surgimento das rugas. Os indesejados sinais da idade aparecem devido à perda da elasticidade e à diminuição da hidratação da pele, provocadas principalmente pela diminuição do ácido hialurônico em nosso organismo. Responsável por preencher os espaços entre as células da pele, essa substância hoje pode ser usada para o preenchimento facial, procedimento que ameniza as rugas e sinais da idade.

Feito por meio da injeção do produto abaixo da superfície da pele, o preenchimento facial eleva e alisa a depressão na pele. Realizado em consultório, o procedimento leva em torno de 30 minutos e seus efeitos podem ser observados imediatamente.

O preenchimento facial é indicado para o aumento do volume dos lábios e para o preenchimento de rugas, de linhas de expressão, do sulco nasolabial e correção de outras imperfeições faciais.

Há hoje em dia no mercado vários tipos e marcas de preenchimentos faciais.

Os preenchimentos, como o próprio nome diz vai "preencher" áreas como sulcos e depressões, por isso são mais indicados para as regiões do sulco nasolabial, e infralabial, o conhecido "bigode chinês".

É um produto sob a forma de gel e também pode ser utilizado para aumentar lábios, preencher as  rugas superficiais ao redor deles e corrigir pequenas depressões da face e corpo.

O produto, ao contrário da toxina botulínica, não causa paralisia do músculo e sim o preenchimento das depressões. Devido a isso as rugas dinâmicas não desaparecem com o tratamento; apenas ficam mais amenizadas.

Os preenchimentos à base de ácido hialurônico são os mais indicados, pois causam menor reação ao organismo.

Entretanto, esses produtos são absorvíveis, durando cerca de 6 a 12 meses dependendo da reação do organismo de cada indivíduo.

A aplicação é feita no consultório com anestesia tópica ou injetável local, variando de acordo com cada pessoa e local de aplicação. 

O tratamento dura cerca de trinta minutos e como efeitos colaterais o paciente pode apresentar edema (inchaço) e equimose (roxo) na área aplicada cuja duração varia de acordo com cada pessoa.

 
  • Moinhos de Vento
  • Rua Mostardeiro, 780/502
  • Porto Alegre, RS, Brasil
  • CEP 90430-000